top of page

[E-book] Ensinando Permacultura - 2ª edição


TÍTULO


Ensinando Permacultura - 2ª edição


AUTORES:


Ana Carolina Souza, Antônio Augusto Pereira, Arno Blankensteyn, Arthur Nanni, Carolina Dal Soglio, Cristiane Corrêa, Jefferson Mota, Julia Lahm, Juliana Sarcinelli Menezes, Ana Couto, Leila Paiter, Marcelo Venturi, Paulo Campos, Pedro Martins, Renata Palandri, Roberto Goulart, Soraya Nór e Yasmin Monteiro.


RESUMO:


A introdução deve versar sobre todos os temas propostos na estrutura do CPP e às razões que levaram à idealização do conceito de permacultura (cultura de permanência). Isso pode ser feito através de um histórico dos fatos ocorridos na Austrália e no mundo diante das crises ambientais que se instalaram pelo processo de mercantilização do planeta e das pessoas. É importante ressaltar nessa abordagem inicial a 30 Ensinando Permacultura problemática do consumismo e dos limites do planeta, mencionando capacidade de carga e finitude de recursos não renováveis.


Uma breve abordagem sobre as éticas e os princípios de planejamento deve ser realizada, mas o detalhamento deve ficar para o segundo encontro. Depois disso, deve ser abordada de forma sucinta a metodologia de planejamento, mencionando setores, zonas energéticas e elementos.


Logo após, vem uma breve apresentação dos temas que o CPP irá abordar, tais como: Fundamentos de ecologia, Leitura da paisagem, Padrões naturais, Solos, Ecologia cultivada, Águas, Energias, Arquitetura e permacultura, Planejamento para eventos extremos e Estruturas invisíveis. Breves explanações recheadas de imagens auxiliam nessa etapa.


Por fim, faz-se um resumo integrador dos conteúdos mencionando a necessidade de incorporação dos conhecimentos de forma sistêmica, para desenvolver um bom projeto de planejamento do espaço.


Como se pode perceber, esse primeiro contato com os participantes pode ser feito numa linha formal de apresentação, por telas e projeção. Porém, para “quebrar o gelo” dessa primeira manifestação “formal”, uma dinâmica é sugerida. Na UFSC, costumamos trabalhar a dinâmica “Unindo irmãos”.




Comentários


bottom of page